1 de jan de 2009

ANO NOVO

«...Ano Novo! Ei-lo aí...Benvindo seja!
Ano Bom, de ventura e de bonança» -
E em nossas almas, rútila, flameja
a luz imarcessível da esperança.

«Foi mau o que passou: lutas e dores.
Mas, no que vem, dos dias através,
-pensamos todos - ha-de ser de flores
o caminho que trilhem nossos pés!»

..............
E enquanto os anos vão correndo assim,
andamos neste louco movimento:
a bendizê-los pelo seu advento
... e a maldizê-los qundo estão no fim...

Campos Monteiro

Publicado in O Figueirense, 1 de Janeiro de 1948