1 de set de 2007

JOAQUIM NAMORADO (1914-1986)


Partem navios
E chegam navios
De todos os pontos cardeais,
Só eu fiquei
Sonhando os orientes
No cais.

Outros partiram…
- Tantas vezes me chorei perdido
E vencido me arrastei
No sabor das tempestades e dos fados…
Tantas vezes fui o herói da aventura,
O navio naufragado…
E sempre ressuscitei
No cais.

Que em mim vive esta ânsia
Sempre nova
Da largada.

Joaquim Namorado, Aviso à Navegação