12 de jul de 2004

DISPUTAS NAS TERRAS DE LAVAOS

Na doação que o Abade Pedro fez à sé de Coimbra da igreja de S. Julião (que aqui reproduzimos, em parte) consta a herdade de Lavalos. O Abade Pedro era de origem mocárabe e tinha recebido do conde Sisenando "o encargo de restaurar as terras deste trato da orla marítima, devastadas pelas guerras da reconquista" (1080).

Após a morte do Abade a região voltou a ser assolada por sarracenos e só depois da conquista de Lisboa (1147) foi povoada de vez. O bispo de Coimbra, João Anaia (1148-1154) projectou restaurar S. Julião, S. Paio, Lavos, Buarcos, Casseira e S. Martinho de Tavarede, "distribuindo estas vilas por sete colonos". Estes, entraram em disputas uns com os outros a propósito dos limites das terras e o mesmo aconteceu entre a Sé e o mosteiro de Stª Cruz de Coimbra. Em 1190 ainda a Sé e os frades cruzios disputavam o território - aproveitando dissidências entre o rei e o bispo - conseguindo estes que D. Sancho I lhes fizesse nova doação das terras em 22 de Setembro de 1202.

Seguimos neste texto um outro do Dr.Ruy de Azevedo, publ. no AF, Abril de 1939